Os canudos de plástico são mesmo os grandes vilões?

Os canudos de plástico são mesmo os grandes vilões?

Olá! Nesse artigo de opinião, o autor propõe algumas reflexões acerca da proibição do uso de canudos plásticos. Tendo em vista que uma das habilidades previstas na BNCC, para Ciências Humanas e Sociais no Ensino Médio é “Analisar os impactos socioambientais decorrentes de práticas de instituições governamentais, de empresas e de indivíduos, discutindo as origens dessas práticas, selecionando, incorporando e promovendo aquelas que favoreçam a consciência e a ética socioambiental e o consumo responsável”, faça um debate com a turma: será que a proibição do uso do canudo é a maneira mais eficaz para reduzir a quantidade de uso do plástico? Adianta não usar canudo se jogamos fora outros produtos que poderiam ser reciclados de maneira inadequada?  Para incentivar os alunos a serem protagonistas na sociedade, em grupos, peça para que eles elaborem políticas públicas para mitigar o descarte incorreto dos materiais.

Quando a militância virtual mata na vida real

Quando a militância virtual mata na vida real

Olá, professores! As ameaças virtuais disfarçadas de “zueiras” e suas consequências na vida real são os assuntos da matéria de hoje. A competência específica 5 da área de Ciências Humanas e Sociais na BNCC visa identificar e combater as diferentes formas de injustiça. Abra um debate com os alunos sobre como é a relação deles com as redes sociais. Será que eles falam ou fazem coisas que eles não fariam na vida real? Eles já se sentiram no “poder” por estarem escondidos atrás de uma tela do computador? Considerando que algumas das habilidades previstas são “identificar diversas formas de violência, suas principais vítimas, suas causas sociais, psicológicas e afetivas, seus significados e usos políticos, sociais e culturais […]”, peça para que os alunos descrevam exemplos de tipos de violência e proponham soluções para o combate no âmbito virtual, afinal, a internet não pode ser considerada “terra de ninguém”.  Professor, para se aprofundar no assunto, não deixe de realizar o curso Educando Para Boas Escolhas Online, disponível na plataforma EAD.

O futuro do trabalho é a curiosidade, a resiliência e o empreendedorismo

Olá! O modelo de trabalho e o perfil do profissional do futuro são os assuntos abordados na matéria. Nas considerações gerais da BNCC do Ensino Médio, está inserido o reconhecimento das rápidas transformações na sociedade, em grande parte por conta dos avanços tecnológicos, além disso, a sexta competência geral da BNCC estabelece a importância de “entender o mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas à cidadania e ao seu projeto de vida…”. Sendo assim, problematize com a turma: Quais profissões hoje em dia estão obsoletas?  Vocês já ouviram falar em profissões do futuro? Quais são as “soft skills”, tão valorizadas no mercado de trabalho do futuro? Pensando nisso, que tal promover uma feira de profissões na escola? Você pode convidar diversos profissionais e estudantes de diferentes áreas para expor as suas profissões. Outra ideia é levá-los nas feiras de cursos superiores promovidas pelas universidades.

Boom de aplicativos de entrega inundam China com plástico

Boom de aplicativos de entrega inundam China com plástico

Olá! A grandiosa quantidade de plástico e lixo acumulado na China devido à expansão dos serviços de entrega de comida é o tema da matéria de hoje. A competência específica 3 da unidade Ciências Humanas e Sociais, visa a análise e avaliação de diferentes povos e sociedade com a natureza, seus impactos econômicos e socioambientais. Pergunte aos alunos se eles costumam usar aplicativos de entrega de comida. Quais eles conhecem? Com que frequência utilizam? Qual o motivo de utilizarem? Tendo em vista que uma das habilidades dessa unidade da BNCC é avaliar os impactos socioeconômicos dos recursos naturais e promoção da sustentabilidade econômica e socioambiental, proponha a reflexão: os aplicativos de entrega podem estar indiretamente incentivando os restaurantes a usarem mais plástico? Peça para que os alunos, em grupos, problematizem a matéria e façam propostas de intervenção para essas empresas, como sempre colocar a opção de não pedir talher descartável ou tragam maneiras de incentivo para que a população use menos plástico.

E se o Instagram acabasse com as curtidas?

E se o Instagram acabasse com as curtidas?

Olá! Algumas possíveis mudanças na plataforma Instagram anunciadas por Adam Mosseri e reflexões a respeito das métricas das redes sociais são os temas abordados na matéria de hoje. No Ensino Médio, as interações na sociedade contemporânea podem ser abordadas na área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (a união das disciplinas de Filosofia e Sociologia), como traz a BNCC. Proponha uma reflexão com a turma: As redes sociais são ambientes acolhedores e usados para o entretenimento ou podem também ser considerados ambientes tóxicos e de competição? O Instagram pode gerar estresse e ansiedade? A partir das hipóteses levantadas, em grupos, façam um estudo sobre o impacto das redes sociais na vida das pessoas e seu uso seguro. Depois, criem charges ou tirinhas, provocando o fato de que a “vida perfeita” nas redes sociais, nem sempre reflete a realidade. Não esqueçam, de compartilhar o trabalho nos corredores da escola ou nas redes sociais.

Rússia intercepta jatos dos EUA e Suécia sobre o Mar Báltico

Olá! A interceptação de dois aviões de reconhecimento, um dos Estados Unidos e outro da Suécia, sobre o Mar Báltico é o tema da matéria de hoje. Essa tensão pode ser trabalhada com os alunos do 9º ano. Façam uma análise dos conflitos históricos entre Rússia e EUA. Por que eles acontecem? Vocês podem abordar os aspectos da Guerra Fria, da época da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), afinal tensões geopolíticas lideradas por soviéticos e estadunidenses é um tema incluso nas habilidades de história. Com a ajuda de aplicativos, como o TimeToast, construam uma linha do tempo com os principais fatos desses conflitos e exponham para a escola.

Bagunça das cores: por que os ônibus de Curitiba “mudaram” de cor?

Olá, professores! A mudança das cores da nova frota de ônibus de Curitiba é o tema abordado na matéria. Aproveitando que uma das habilidades previstas na BNCC, no 5º ano é “Identificar órgãos do poder público e canais de participação social responsáveis por buscar soluções para a melhoria da qualidade de vida (em áreas como meio ambiente, mobilidade, moradia e direito à cidade) e discutir as propostas implementadas por esses órgãos que afetam a comunidade em que vive”, trabalhe o tema mobilidade urbana com os alunos. Quais são os meios de transporte que eles e os familiares utilizam? Como eles são identificados? Além dos ônibus, os alunos conhecem outros meios de transporte, usados por meio de aplicativos, por exemplo? Proponha uma pesquisa com os familiares sobre as principais queixas no transporte público e em grupos, peça para que os alunos sugiram soluções usando, inclusive, recursos tecnológicos. As queixas e soluções devem ser apresentadas para toda a turma.

Maior e com teste de fluência de leitura: 2ª edição da Prova Paraná é nesta terça

Olá! A matéria fala sobre a 2ª edição da Prova Paraná que acontece hoje (11). Esse ano, a prova será aplicada em mais turmas e contará com avaliação de fluência de leitura. O Eixo Leitura, na BNCC para o Ensino Fundamental leva em consideração as práticas decorrentes da interação ATIVA do aluno com os textos escritos, orais, entre outros. Que tal elaborar um plano de leitura com a turma? É importante levar em consideração a contextualização pré-textual, levando um tema, de acordo com a faixa etária da turma, através de vídeos, jogos ou outros recursos midiáticos. Vocês podem trabalhar esse tema relacionando também com notícias de jornais e outras obras, antes de apresentar o livro em si. Dessa forma, o aprendizado será mais significativo, ajudando a estimular a formação de alunos leitores. Para quem quer se aprofundar no assunto, uma dica é o livro “Ensinar a Ler, Ensinar a Compreender” das autoras Teresa Colomer e Anna Camps.

Por uma feira de ciências em cada escola

Por uma feira de ciências em cada escola

Olá, colega! O desenvolvimento do protagonismo dos estudantes a partir das feiras de ciências é o tema do artigo de hoje. Exercitar a curiosidade intelectual dos alunos, através de investigação, análise crítica, criatividade, como também compreender, utilizar e criar tecnologias são itens previstos nas competências gerais da BNCC. Dessa forma, que tal promover uma feira de ciências da turma, compartilhando os conhecimentos com toda a comunidade escolar? Incentive os alunos a realizar pesquisas, criar protótipos e a apresentar os resultados obtidos. Afinal, as feiras de ciências podem ser um ótimo incentivo para que os alunos se aprofundem nos estudos.

Dos desafios à conquista da inclusão de um aluno com hidrocefalia

Olá! A matéria fala sobre o processo de inclusão de um aluno com hidrocefalia e como ele pode se desenvolver tendo contato com outras crianças. A competência geral número 9 da BNCC, prevê o exercício da empatia, diálogo e o respeito. Sendo assim, problematize com a turma: O que é uma escola inclusiva? O que ela precisa ter? Todas as pessoas tem direito a mesma educação? Além dos fatores humanos, um ambiente inclusivo necessita de uma infraestrutura adequada. Façam um passeio pela escola verificando se a estrutura está em condições de receber a todos os alunos, com as suas mais variadas necessidades. Depois disso, criem uma maquete de como é uma escola inclusiva para todos e deixem em exposição para as demais turmas.