Para ser mais inclusiva, universidade proíbe palmas

Para ser mais inclusiva, universidade proíbe palmas

Olá, professores! Questões de inclusão e diversidade estão sendo discutidas no mundo. A Universidade de Manchester, por meio de uma votação, declarou a proibição das palmas em respeito aos estudantes com autismo, problemas sensoriais e surdez, substituindo por “mãos de jazz”. Sendo a empatia e o respeito às pessoas, habilidades importantes segundo a BNCC, promova um debate sobre o tema com seus alunos após a leitura da notícia. Questione sobre as ações necessárias à inclusão nas escolas. Proponha pesquisas sobre outras iniciativas promissoras capazes de promover a acolhida e o respeito ao outro. O resultado poderá ser divulgado em forma de vídeos, produzidos pelos alunos e compartilhados nas redes sociais como forma de conscientização.

 

Caroline Venancio – Estudante de Pedagogia na Universidade Positivo